Mindset do Fracasso: Descubra se Você Sofre Desse Mal

mindsetEmpreender e ensinar me mostraram uma coisa: se existe alguma “mágica” para o sucesso, ela se chama mentalidade.

Enquanto escrevo esse texto, chegamos a mais de 2.200 alunos. E sempre que alguém me diz que não teve resultado, vejo que é uma questão ligada a sua mentalidade. A pessoa não conseguiu aplicar o conteúdo por uma barreira mental que não as deixa: medo de julgamento, de errar, de não conseguir etc.

Mentalidade é o que alguns chamam atualmente de mindset. Pra ser mais exata, esse termo em inglês foi cunhado pela psicóloga Carol Dweck, da Universidade de Stanford, e corresponde à atitude mental de cada pessoa.       

De acordo com a psicóloga, o mindset pode ser determinante para o sucesso ou fracasso de alguém, porque existem dois tipos de mentalidade: a mentalidade de expansão e a mentalidade fixa.

A primeira delas está diretamente ligada ao otimismo, ao bom desempenho e ao sucesso. A segunda provoca o pessimismo e, consequentemente, a derrota. É com essa mentalidade que devemos ter cuidado, já que ela nos paralisa e nos impede de caminhar rumo aos nossos sonhos.

Como Descobrir a Sua Mentalidade?

Uma das maneiras de identificar a sua mentalidade predominante é avaliar a maneira como você costuma encarar as dificuldades.

Encarar com pessimismo aponta para um mindset fixo. Se lamentar pelas coisas ruins que aconteceram na sua vida e não enxergá-las como fatores que contribuíram para o seu crescimento são ações que indicam um mindset fixo.

Já quem tem naturalmente o mindest de expansão enxerga as dificuldades como oportunidades de crescimento. Isso não quer dizer que essas pessoas não sofram quando sofrem um revés. Quer dizer apenas que, mesmo sofrendo, nada pode paralisá-las.

Como Treinar Sua Mente

Não, não precisa se desesperar. Se você percebeu que seu mindset é o fixo, saiba que é possível trabalhar sua mente para que ela seja mais positiva.

O primeiro passo é reconhecer que precisa pensar diferente. O segundo passo é exercitar sua mente, ler mais, assistir a filmes que te façam crescer.

O terceiro passo é buscar o autoconhecimento: isso é poderoso e vai mudar seu jogo. E o quarto passo, talvez o mais importante, é tentar manter sempre o foco no que vai contribuir pro seu crescimento.

Confesso que cortei o noticiário da minha rotina. Geralmente, fico sabendo se algo muito sério aconteceu pelo meu marido (risos!). Coincidências da vida ou não, no ano em que comecei a fazer isso, meu negócio cresceu 6 vezes de tamanho.

Bem, espero que as informações desse texto ajudem você a empoderar de vez a sua mente. É ela que pode te ajudar a chegar onde você quer e a conquistar tudo que você deseja!

Um beijo e até mais!

Dani Almeida
Jornalista e Especialista em Imagem