Equipe O Poder da Imagem

Redes Sociais: Um Foguete Para o Protagonismo

Redes Sociais: Um Foguete Para o Protagonismo

Se antes para se destacar era preciso ter muito dinheiro e investir em propaganda tradicional (anúncios na mídia impressa, TV, rádio…), ou em uma boa assessoria de imprensa que te colocasse nas principais revistas, jornais e programas televisivos, na Era da Informação o jogo mudou. A internet deu voz a milhares de pessoas de diferentes nichos e tribos. E, agora, quem se destaca nas redes pode ir parar na mídia tradicional. Deixa eu tentar resumir. Antes, a mídia tradicional era o único caminho para o Continue lendo

Imagem Pessoal: Sua Ferramenta Poderosa de Conexão

Imagem Pessoal: Sua Ferramenta Poderosa de Conexão

Roupa, cabelos, acessórios, gestual… Tudo isso é linguagem. A sua imagem pessoal transmite uma mensagem para o mundo. Mas, por falar em linguagem, será que você está falando o mesmo idioma que a sua audiência? Da mesma forma que não adianta eu querer me comunicar em português com alguém que só fale o inglês, alemão, francês, italiano, japonês… a sua imagem pessoal e a sua audiência precisam falar a mesma língua. Isso quer dizer que, a cada ambiente que eu frequentar, vou precisar mudar meu Continue lendo

5 Passos Para Converter Seguidores em Clientes

5 Passos Para Converter Seguidores em Clientes

Ter um perfil influente nas redes sociais, com seguidores engajados, que interajam com suas as postagens, curtam e compartilhem seus conteúdos, é o desejo de qualquer pessoa e negócio. Hoje em dia, no entanto, muitos valorizam os números, no lugar da qualidade. E isso é um erro! Até porque de nada adianta ter muitos seguidores, se eles não se conectam e convertem como você deseja. Para ter um negócio de sucesso e encontrar formas de monetizar seu público, é importante aumentar a influência que você Continue lendo

Como as Redes Podem Acabar Com o Seu Protagonismo

Como as Redes Podem Acabar Com o Seu Protagonismo

Daí você posta aquela frase esperta e sem querer desperta a ira de um chefe ou cliente. Faz aquela piada num vídeo e as imagens viralizam pelo Facebook, WhatsApp e afins. Exagero? Basta lembrar do caso dos brasileiros na Rússia, que gravaram uma brincadeira (sexista e sem graça, diga-se de passagem) com uma russa. Provavelmente a ideia era de que aquele vídeo nunca ganharia as redes sociais, mas muitos ali perderam seus cargos, a credibilidade e sujaram seu nome, ou seja, destruíram sua marca pessoal. Continue lendo