A Psicologia da Cores na Sua Imagem

As cores transmitem sensações. Isso porque nosso cérebro confere significados a algumas cores, conforme os nossos arquétipos. Pausa para explicação: segundo Jung arquétipo é o conteúdo imagístico e simbólico do inconsciente coletivo, compartilhado por toda a humanidade.

Logo se eu digo branco para uma sala lotada de pessoas e pergunto o que vem à mente delas, muitas dirão paz. Se eu digo vermelho, muitos dirão paixão ou violência.

O McDonnalds, por exemplo, usa o amarelo (excitação) e o vermelho (ação) no layout das lojas e até mesmo em toda sua comunicação para estimular a fome… e as vendas! Aliás, falei sobre como empoderar sua imagem e vender mais, no vídeo abaixo:

E você também pode tirar vantagem desse conhecimento e usar as cores a seu favor, na sua imagem. Vamos ao significados:

Azul

Honestidade, lealdade, responsabilidade e conservadorismo. Sugere uma sensação de tranquilidade. Boa cor para um psicólogo ou consultor financeiro. Quando escuro, é ideal para promover um negócio seguro, ambicioso e determinado.

Amarelo

Estimula a mente. Relaciona-se com a lógica, mas também é brincalhão e ajuda na tomada de decisão. É apropriado para networkers, jornalistas, professores, animadores. Já o amarelo em excesso pode produzir ansiedade.

Vermelho

Ação e paixão. Apropriado para temas que envolvam velocidade e ação, como vendas. Transmite também raiva, agressão e vingança. Vermelho escuro é bom para advogados ou corretores.

Verde

Equilíbrio, segurança, riqueza e crescimento. É associado a natureza, meio ambiente, compaixão e carinho. Sugere equilíbrio emocional e harmonia. Boa opção para assistentes sociais, conselheiros e trabalhadores da caridade.

Laranja

Otimista e positivo. É estimulante para os sentidos e uma boa cor para temas como alimentação (estímulo), comunicação, interação social e aventura.

Turquesa

Versátil e criativo. Representa a clareza de pensamento e de comunicação. Ideal para professores, formadores e oradores, meios de comunicação, tecnologia e saúde.

Preto

Poderoso e sério. Sugere sofisticação e elegância por um lado. Mistério e intimidação, por outro.

Branco

Seguro, conservador, elegante. Se deseja destacar-se da multidão, branco não é a melhor escolha. Mas associada a cores mais fortes e contrastantes, pode funcionar bem!

Cinza

Conservador, neutro e reservado. Funciona bem como cor de fundo. É adequado para temas jurídicos e financeiros, porque sugere poder e controle.

Dourado

Caro e elegante. Ouro simboliza qualidade, luxo e opulência. É a cor da vitória e da conquista.

Rosa

Carinho. Cor calmante, adequada para o mercado feminino e temas como moda, beleza, mas também doces e romance. Rosas fortes (como o pink) são utilizados para produtos menos caros e modernos, ou para um mercado adolescente.

Roxo

Imaginação e espiritualidade. Relaciona-se com o futuro, sonhos e fantasia. Boa opção para artistas, poetas e atividades que lidam com o futuro. Cria sensação de riqueza, luxo e extravagância. Ótima para serviços ou produtos de altíssima qualidade.

Espero que você tenha gostado das dicas.

Um beijo e até mais!

Dani Almeida
Jornalista, Consultora de Imagem e Especialista em Influência Digital